Buscar

O que estamos fazendo?

O que estamos fazendo com a vergonha? com a vulnerabilidade?



A primeira coisa: Estamos ANESTESIANDO A VULNERABILIDADE!


A verdade é que vivemos em um mundo vulnerável e uma das formas que lidamos com isso é anestesiando a vulnerabilidade. 

As evidências? Causas? Somos os adultos mais endividados, obesos, viciados e medicados da história da humanidade.

Só que, não podemos seletivamente anestesias as emoções e escolher entre sentimentos ruins e pesados dizendo “eu não quero sentir isso” pois, quando anestesiamos as emoções, anestesiamos a alegria, a gratidão, a felicidade e então ficamos infelizes, procurando por propósito em tudo e ficamos vulneráveis! E isso se transforma em um ciclo perigoso!


O que precisamos saber: VULNERABILIDADE NÃO É SINÔNIMO DE FRAQUEZA! VULNERABILIDADE É UM RISCO EMOCIONAL, EXPOSIÇÃO E INCERTEZA – ELA É A MAIS PRECISA MEDIDA DE CORAGEM!

Quantos de nós, quando nos deparamos com exemplos de experiências de pessoas que se permitem ser vistas, através de suas vulnerabilidades pensamos que isso FOI PURA CORAGEM!

Vulnerabilidade é o berço da inovação, criatividade e da mudança!

Criar é fazer algo que não existia antes e não há nada mais vulnerável que isso!


A segunda coisa que fazemos é tornarmos certo tudo que é incerto!

Religião, Política, tudo!

Quanto mais medos temos, quanto mais vulneráveis estamos e mais medos temos!

Não há mais discurso, não há mais conversa, há apenas CULPA – como uma forma de descarregar a dor e o desconforto!

E nos aperfeiçoamos, em busca da perfeição aparente!

E tentamos aperfeiçoar perigosamente nossos filhos! 

Mas a verdade é que eles estão prontos para a briga quando chegam aqui!

E quando seguramos nossos bebês perfeitos nos braços, nosso trabalho não deveria ser dizer: Olhe para ele, ele é perfeito! 

Nosso trabalho é dizer: Sabe o que mais? Você é imperfeito, você está pronto pra a briga! Mas você MERECE AMOR E PERTENCIMENTO! Esse é o nosso trabalho!


Fingimos que o que fazemos não tem efeito sobre as pessoas, fazemos isso em nossas vidas pessoais, fazemos isso nas empresas...

Difícil né? Então o que fazer?

0 visualização
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now